Minha foto
Palavras são doenças esperando cura. Quando digo o que sou, de alguma forma, eu o faço para também dizer o que não sou.

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Sofrimento.

Vamos sair...Andar, andar, andar até o Arpoador, onde não existe dor. Pela manhã levarei o seu café...Preciso sentir você brigar comigo e depois me proporcionar o seu abrigo. Não sei se vai ser Deus que vai decidir o nosso futuro, mas espero que seja comigo que você fique até o final. Ah! Desculpe, mas uma vez esqueci que entre nós não haverá nunca um ponto final.

Difícil de esquecer você. Quero um sinal para continuar a ter esperanças de que um dia você habitará novamente em minha vida. Não te direi mais o que é certo, só não nos leve para esse deserto que vivemos, onde nada faz sentido. Encontrei uma foto nossa, colei atrás da porta de frente para a nossacama, pode ser que assim você queira voltar...Pode parecer mísera bobeira para quem ler, mas é o pouco que resta para quem perdeu um amor e só sabe sofrer.

Detonautas - Só nós dois.

Lagos.

4 comentários:

  1. mas ein,me conta aí,qual é dessa menina que te faz sofrer ^^

    ResponderExcluir
  2. pensamentos soltos... que entram e saem da cabeça e do coração. culpa do amor. culpa dela.

    muito bom!

    ResponderExcluir
  3. Lindo! Lindo o texto. A música também é bonita.

    Já te disse alguma vez que gosto do que aqui escreve? Se não, agora sabes. :)

    ResponderExcluir

Pense o que quiser, escreva o que puder, mas, por favor, seja sempre sincero.