Minha foto
Palavras são doenças esperando cura. Quando digo o que sou, de alguma forma, eu o faço para também dizer o que não sou.

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

'Nos mares por onde andei...'

Não sei se essa minha solidão, essa distância de um namoro firme, que não seja algo tão rápido quanto veio, possa ser pelo dia em que fui registrado. Em 13 de junho de 1987, minha amada mãe me registrou. Pode ser que o velho e nobre santo casamenteiro, Santo Antônio ,não goste muito que registrem crianças na data dele. Pode ser. Creio em meu imenso amor pela Mãe Oxum para que eu consiga mudar tal situação. Para que eu tenha alguém ao meu lado quando eu quiser dar a mão. Tem que ser muito homem, ou muito malandro pra saber lidar com a espera de um amor.

A maconha anda consumindo a merda dos meus neurônios. Destroçando cada sentimento. Só sei cantar e pensar que: ‘’o amor é um demônio desgraçado que vive a me passar rasteiras’’, e querer me mandar logo daqui. Ela me pergunta senão é arriscado demais mudar tão bruscamente de vida. Tentar ser feliz. Logo, digo: - Não vejo isso... Não tenho filhos (algumas desgraçadas infelizes, me proibiram de tal sonho, abortando sem o meu saber), não tenho amor mesmo pela minha vida, então, perna na estrada. E peço que da próxima vez que quiser acabar comigo, me pisar, me avise. Pode ser da minha bola de cristal, ou minha peneira de búzios estar na assistência técnica e não ter como eu me informar. Não saia enfiando uma faca pelo meu peito adentro sem ao menos sequer ferver antes com álcool. Meu peito não é imundo igual as tuas idéias insanas e banais. Outro ar. Outros amores. Outras ondas. Outras carreiras de sucesso, ou de pó mesmo. Me retirei, e ela perguntou:

-Aonde você vai, agora, nesse momento?

- Ao banheiro. Tomar um banho.

- Essa hora? São 02:23 da madrugada. (Perguntou ela com o habitual certo deboche)

- Não sabiam que tinham feito uma lei dizendo que não se pode chorar, de madrugada, em um banho.

O ar é limpo, meu bem. Impuro são os teus sentimentos misturados ao ópio do óbvio. Tente se desprender um pouco de cada sentimento passado. Se olhar para trás fosse bom, teríamos um olho na nuca. Pra frente, sempre. Pare de repetir, insistentemente, as minhas falas. Não leve pro lado de que eu não quero que você patenteie os meus dizeres. Com os meus sentimentos, com a minha dor ninguém quer ficar, né? Só pensam em elogiar as lindas-belas-e-fodidas- palavras de desespero de um homem que quer ser amado pode remeter. Meus pressentimentos nunca podem ser conceituados num início de relacionamento. Eu me perco, pego sentimentos mortos, ou mornos e sinto bem vivos, com vigor e ferventes. Me entrego por inteiro. Me fodo por inteiro. Depois, sempre levanto, às vezes demora. Às vezes é bem rápido, pois acho que o meu anjo-da-guarda deve ficar com tédio de tanto eu pedir felicidade, amor, paz,alegria e me devolve o vigor e a (falsa) alegria.

Lagos.

15 comentários:

  1. Meu anjo, as coisas acontecem, como e quando devem acontecer, viu?! Desculpe andar sumida.. Mas, sempre com você. Não se esqueça.

    ResponderExcluir
  2. Também fiquei sem palavras. Irmão, eu só sei dizer uma coisa: vou estar pra sempre contigo! Você merece toda a felicidade do mundo, e eu também vou te aporrinhar muito pra você ser muito mais feliz! rsrsrs

    PS.: NÃO TEM NADA A VER COM MARTHA MEDEIROS! hahahaha

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pelas felicitações,que papai do céu te abençoe muito,te desejo tudo em dobro :)

    BjO

    ResponderExcluir
  4. Essa tal falsa alegria fatiada pelo tempo que corre depressa, traz alguma luz mesmo que distante.
    Um dia eu sei que vai brilhar.

    É de doer. Mas sempre passa meu amigo!

    Um beijo do tamanho do mundo!

    ResponderExcluir
  5. Calma, vai passar.
    TEM QUE passar, né?
    Temos que ficar os dois bem! :)

    ResponderExcluir
  6. Também ja me fudi muito por me entregar demais!
    Mais calma, vai passar, tenha certeza disso!
    O que é seu de direito há de vir!


    Beijos

    ResponderExcluir
  7. "Só pensam em elogiar as lindas-belas-e-fodidas-palavras de desespero de um homem que quer ser amado por remeter."

    É, Carlo, mas você ainda vai encontrar alguém que verá muito mais além do que os olhos podem ver, tenho certeza.

    ResponderExcluir
  8. Olha, que texto incrível! Eu não sou homem, muito menos corajoso, se assim for, já que eu parei de esperar pelo amor. Acho que, de certa maneira, esse meu lado morreu. Chorar no banho? Não mais. Não faz parte de quem me tornei. Minhas lágrimas realçam os movimentos de dança-meio-punk quando resolvo quebrar cada objeto de meu quarto num gótico ritual de alma enfurecida. Meu amor, minhas paixões, meus desejos... não mais. Apenas sentimentos constantemente racionalizados em uma máquina de fabricar arroz de alguma fábrica chinesa. Ou seria japonesa? Não. Brasileira mesmo. Sempre termina em pizza, de qualquer forma.

    ResponderExcluir
  9. Hm. Adorei, adorei.
    Entendo essa sua vontade de amar e de ser amado.
    Mas deixa, deixa!
    Sou muito nova ainda, tenho que crescer. Mas sempre me dizem e sempre reparo fatos de que o amor sempre aparece quando menos se espera. Amor não tem hora marcada.
    Ele vai te aparecer quando você estiver em uma fase "galinha" e pode até te passar despercebido, ou quando você está magoado e cansado, o suficiente, para estar desacreditado em qualquer coisa relacionada a amar.
    Enfim,
    espero que isso não aconteça com você. É preciso ter otimismo. Deixe, deixe. O amor vai vir quando você estiver distraído.

    ResponderExcluir
  10. ola
    adorei seu blog e estou te seguindo
    me faça uma visita:
    www.flordelotus29.blogspot.com
    me siga. vou adorar que sejamos amigos
    beijos

    ResponderExcluir
  11. teus textos sempre envolventes *-* ainda que estejas falando em algo que nao é tao feliz , ainda assim eu adoro te ler, me abre a mente .

    ResponderExcluir
  12. Dessas coisas da vida que agente não pode compreender, o amor é dessas eiras que não consiguimos entender.
    Bem, eu andava sumida por aqui, mais não deixava de lembrar deste cantinho com texos tão profundos sobre alguém tão sensivel.
    sobre a pergunta antiga em meus comentários, são contos reais, realmente são verdades e aconteceram.

    Desculpe-me a demora em responder, estive fora esses dias, mais estarei mais presente por aqui!

    ResponderExcluir
  13. Bah, e não é verdade que não nascemos com olho na nuca? Suuuuuuuper bom o seu texto, desculpe a demora em passar aqui, você escreve muito bem. e realmente, as pessoas tem que passar álcool antes de enfiar as facas e também tem que ser muito homem ou malandro para saber lidar com a espera de um amor! adorei, sem mais. beijos

    ResponderExcluir

Pense o que quiser, escreva o que puder, mas, por favor, seja sempre sincero.