Minha foto
Palavras são doenças esperando cura. Quando digo o que sou, de alguma forma, eu o faço para também dizer o que não sou.

terça-feira, 12 de maio de 2009

Devo te amar?!?

Meus olhos teimam em ver você, não sei se é devido a saudade ou porquê secou o rio justamente nesse dia e o pescador não sabe se vai ter mais uma alegria. O Sol quando traz a sua energia é bonito, faz com que eu veja toda pureza junto à natureza, me mostra que vale a pena apostar que tudo um dia vai mudar.

Escrevo pra você por não ter a quem amar, te amo e quero sorrir pra quem saiba assim eu consiga parar de chorar. Prometo ser leal e nunca mais te deixar sofrer, pegue em minha mão e
vamos por aí antes do Sol sair. Calma bebê, agora não é mais preciso pressa, take a look you and me, nada mais vai mudar por aqui, somente agora o que nos resta é pensar em ser feliz, olharemos um cado somente para o nosso nariz.

Você sempre pensando no casamento e eu querendo mais acontecimentos. Você dizendo que sempre pareço distraído e pensando que não ligo para as suas mensagem de amor, eu pensando no que fazer para perceberes que não sou enganador. O tempo parece nos atrapalhar, entretanto nada vai mudar o que tem que ser, vamos deixar tudo acontecer, sei que não vou te perder. Nem que um dia eu tenha que unir o mato e o mar, nem que eu tenha que ir atrás de ti a pé até Cuiabá, mas sei que a gente vai ter tempo de sobra pra se amar.

Lagos.

2 comentários:

  1. "...Que prazer mais egoísta
    O de cuidar de um outro ser
    Mesmo se dando mais
    Do que se tem pra receber
    E é por isso que eu te chamo
    Minha flor, meu bebê."

    Minha flor,meu bebê.
    Cazuza!

    ResponderExcluir
  2. Muitooo bom mesmo!
    :)

    ResponderExcluir

Pense o que quiser, escreva o que puder, mas, por favor, seja sempre sincero.