Minha foto
Palavras são doenças esperando cura. Quando digo o que sou, de alguma forma, eu o faço para também dizer o que não sou.

sexta-feira, 17 de julho de 2009

1001 sentidos.

Numa cidade de cabeça pra baixo, até uma formiga pode ser tornar um capacho, já acho que nada muda, ou então as plantas é que estão ficando com ruga. Titiricar não vai lhe mostrar o caminho certo a seguir, vai somente envenenar a sua alma e não lhe deixará agir. Titubeei quando pensei em lhe dar tudo que carrego no peito, bobeei, mas não tem jeito, você chegou e me dominou tirando de mim o que demais importante carrego no peito.

Não consigo entender porquê as pessoas vivem a mentir e tentar iludir quem sempre lhe quer bem, porém acham que estão sendo retribuídas, mas estão sempre a serem iludidas...A mente humana é uma complicação por si só, uma vez tentei entender o meu vizinho e a minha cabeça deu um nó. Pobre de mim tentar entender uma pessoa que nunca vi sorrir.

Eu tento esquecer dores vividas, mas lembro de todos aqueles momentos felizes ao lado de alguém, ah, já não há quem tente me mostrar um novo percurso agora que já entendi que a vida é um curso...Só tento entender quando vamos praticar tudo aquilo que tentam nos ensinar.

Lagos.

Um comentário:

  1. Ouuu.. Parabéns. Mas um belo texto que eu leio de sua autoria :D

    Beeijo.

    ResponderExcluir

Pense o que quiser, escreva o que puder, mas, por favor, seja sempre sincero.